INEGI participa em organização internacional de referência na regulação do futuro da energia eólica

02-07-2018
A consultora do INEGI na área da energia eólica, Filipa Magalhães, foi nomeada pela Comissão Técnica Eletrotécnica 88 portuguesa para participar no Grupo Internacional de Peritos que se dedicará, nos próximos meses, à elaboração da norma Wind energy generation systems: Through life management and life extension of wind power assets (IEC TS 61400-28).

O objetivo da criação desta norma passa por dar resposta às futuras exigências do mercado da energia eólica. Durante a próxima década, uma parte significativa dos aerogeradores instalados em território nacional irá atingir os 20 anos de operação. Nessa altura, os stakeholders terão que tomar decisões a nível técnico e financeiro, quanto ao futuro dos seus ativos. Simultaneamente, e no âmbito do cumprimento das metas recentemente adotadas pela União Europeia em matéria de energias renováveis (32% de energia renovável até 2030), a capacidade geradora de base renovável, em particular a eólica, terá de crescer no espaço europeu. Isto não só através de investimento em novos parques eólicos, mas também da extensão da vida útil de parte da potência eólica atualmente existente e do reequipamento de parques eólicos mais antigos.

Apesar de ser um assunto premente, não há ainda em Portugal um enquadramento regulatório nesta matéria. Na Europa, países como a Alemanha e a Dinamarca já tinham, em 2016, uma parte significativa da sua frota de aerogeradores com mais de 20 anos. Nesse sentido, são dos poucos países europeus que têm já previstos guias oficiais que regulam a extensão de vida dos aerogeradores.

Adicionalmente, no mercado urge a definição de metodologias (merecedoras de aceitação por parte de todos os players envolvidos) avaliadoras do potencial de extensão de vida dos aerogeradores para além dos 20 anos, de forma a facilitar uma decisão fundamentada quando chega o momento de optar pela manutenção dos aerogeradores em operação ou pela sua substituição por tecnologia mais recente.

INEGI
Universidade do Porto
CONTACTOS E LOCALIZAÇÃO
Linkedin Facebook Youtube Twitter
© INEGI 2011 | Política de Privacidade